Código de Ética para Estudantes de Jin Shin Jyutsu


1. Os estudantes devem lembrar todo o tempo que sua posição é a de confiança e cuidado e que precisam manter os mais elevados padrões de conduta e integridade.
2. Os estudantes devem atuar eticamente, com nobres propósitos e ideais.
3. Os estudantes devem se conduzir com respeito e dignidade, sempre atentos aos direitos e vulnerabilidades dos outros.
4. Os estudantes não devem tomar parte em condutas ilegais, imorais ou impróprias com um cliente, nem apoiar tais comportamentos.
5. Os estudantes devem respeitar as crenças éticas, religiosas e políticas dos outros.
6. Os estudantes devem reconhecer a necessidade do desenvolvimento educacional e profissional contínuo – a participação periódica em seminários da Jin Shin Jyutsu, Inc é recomendada.
7. Os estudantes não devem denegrir seus colegas e devem preservar a honra e reputação da profissão em todos os momentos.
8. Os estudantes não devem atender um cliente sob o efeito de drogas ou álcool ou se estiverem acometidos por uma doença transmissível.
9. Os estudantes devem se vestir de maneira profissional, sendo que o traje apropriado é definido como uma vestimenta adequada e coerente com a prática profissional no local onde eles conduzem suas atividades profissionais.
10. Os estudantes devem utilizar materiais coerentes com as filosofias, ideias e visões da Mary Burmeister, com relação à Arte do Jin Shin Jyutsu Fisio-Filosofia.
11. Os estudantes devem colocar a saúde e bem-estar de seus clientes em primeiro lugar.
12. Os estudantes não devem dar “garantias” com relação às sessões.
13. Os valores cobrados devem ser éticos e justos.
14. Os estudantes não devem sabidamente interferir com quaisquer terapias que estejam sendo recebidas pelo cliente.
15. Os estudantes não devem tratar de uma criança sem o consentimento de um dos pais ou de seus guardiões legais.
16. Os estudantes devem se empenhar em proteger as confidências dos clientes, a não ser que uma determinação legal remova a confidencialidade de um caso específico.
17. A propaganda deve ser ética e afirmações exageradas são proibidas.
18. A fala com os clientes deve ser feita no espírito do cuidado e da verdade.
19. Os casos que não parecem melhorar ou que estejam fora da jurisdição do praticante devem ser encaminhados para atenção de especialista médico. Os estudantes não devem atuar como cuidadores médicos primários.
20. Os estudantes devem praticar legalmente, observando todas as leis municipais, estaduais e nacionais e regulações de licenciamento.